Patrimônios Públicos Tombados de São Bernardo do Campo

São Bernardo do Campo tem atualmente 21 bens considerados patrimônios públicos a serem preservados pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de São Bernardo do Campo (Compahc). Cada um dos bens preserva uma característica da cidade, como os pavilhões e estúdios da antiga Cia. Cinematográfica Vera Cruz ou a Chácara Silvestre.

O Compahc de São Bernardo busca identificar em construções, praças, ruas ou objetos, momentos significativos da história da cidade. Criado em 1984, o conselho é vinculado à Secretaria de Educação e Cultura e tem por finalidade assessorar a administração municipal na defesa, preservação e valorização do patrimônio histórico municipal.

Formado por representantes da sociedade civil e de setores da administração municipal, o Compahc tem como objetivo conservar e divulgar os documentos sobre museu, folclore, cultura popular e história da cidade.

Os locais considerados patrimônios históricos pelo Compahc em São Bernardo refletem a formação industrial da cidade e todo o desenvolvimento do município. Entre os 21 bens tombados na cidade estão:
01) Pavilhões e estúdios da antiga Companhia Cinematográfica Vera Cruz;
02) A antiga Emeb Santa Terezinha;
03) Câmara de Cultura Antonino Assumpção;
04)Torre da Elni;
05)Árvore dos Carvoeiros;
06)Edifício Alfa da Universidade Metodista de São Paulo;
07)Cidade da Criança;
08) Obelisco do Soldado Constitucionalista;
09) Painel da fonte de água no bairro Baeta Neves;
10)Chácara Silvestre;
11) Casa do Comissário do Café;
12)Chaminé da Avenida Pery Ronchetti;
13) Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem;
14) Capela Santo Antonio;
15) Capela São Bartolomeu;
16) Igreja Santa Maria;
17)Capela Santa Filomena;
18)Igreja Presbiteriana Independente;
19) Chácara Lauro Gomes;
20) Jatobá da Vergueiro
21) Painel Memórias de uma Cidade, do artista plástico Adélio Sarro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário